top of page

Especial Frutinhas!

Atualizado: 31 de out. de 2022

Conteúdo completinho e super caprichado sobre as frutas que seu pet pode consumir e muito mais.





Importância das frutas.


Em primeiro lugar vamos pensar no comportamento dos pets na natureza, onde é normal que eles consumam frutas, ou seja: é biologicamente adequado a eles. As frutas são fonte de fibras, vitaminas e minerais, antioxidantes, fitoquímicos e enzimas digestivas.

Fibras desaceleram a absorção da frutose (açúcar natural das frutas), aumentam a sensação de saciedade, regulam o trânsito intestinal, são fermentadas pelas boas bactérias do intestino, gerando alimento para elas mesmas e para as células intestinais e ajudam a controlar as taxas de triglicérides e colesterol.

Antioxidantes e fitoquímicos reduzem o risco de câncer, a taxa de envelhecimento, fortalecem a imunidade e protegem órgãos suscetíveis aos danos causados por oxidação (oriunda de poluição, agrotóxicos, medicamentos, aplicação de anti-pulgas convencionais etc), como os olhos e o cérebro, afastando o risco de catarata e disfunção cognitiva (“Alzheimer canino”).

Enzimas digestivas, presentes somente em alimentos in natura (não cozidos) dão uma força com a digestão e têm efeito antiinflamatório.



Quanto posso oferecer de frutas por dia ao meu pet?


Acredito que essa deva ser a sua maior dúvida né? Já diz uma ditado antigoooooo: “a diferença entre remédio e veneno é a dose”

Pois se aplica perfeitamente aqui.

Frutas são alimentos que enriquecem a dieta com fibras, antioxidantes, vitaminas e minerais. Para melhorar gostosas, novos sabores, fazendo naturalmente a alegria de muitos cães. Mas, também podem concentrar carboidrato generosamente, em especial, a frutose, e por isso a gente deve ter cuidado para não exagerar nas porções.


A oferta de 5% de frutas como um extra à dieta já é ótima. Para dieta com 360g, cerca de 20g de frutas como petiscos seria o indicado. E isso é bem importante, a oferta excessiva de frutas pode desequilibrar seriamente a dieta de um cão. Frutas são ótimas, mas maneirar é preciso. Tomando o cuidado de não oferecer mais do que 10% extra da dieta como frutas você não precisará se preocupar.


O problema do excesso é justamente a composição de cada fruta. Se o seu pet consumir diariamente uma unidade pequena de banana-prata as calorias aumentam em 90kcal e a dieta passa a fornecer 33% de proteína, 41% de carboidrato e 26% de gordura. As frutas são ótimas, mas o equilíbrio é fundamental.


Torne o momento da frutinha algo especial. E não esqueça, Para cães que tenham alimentações naturais, a nutricionista terá que fazer essa orientação para você para manter o equilíbrio, essa orientação não vale para esses casos.



De que maneira posso servir as frutas?


Preferencialmente cruas e em pedaços. Mas também pode misturar a kefir de leite, iogurte, cottage ou ricota. E também pode triturar com água ou iogurte/kefir de leite – sem adoçar – e fazer gelinhos para os dias quentes. Ou mesmo utilize a forma de gelo, acrescente um pedacinho da fruta e coloque água para congelar, também serve como petisco e diversão ao mesmo tempo.


Uma regrinha fácil de lembrar é que todas as cascas que a gente consome os cães e gatos podem comer também. Alguns cães gostam e toleram bem até a casca da banana, que é riquíssima em fibras e minerais. Outros podem ficar com as fezes amolecidas e/ou com muco. Remova caroços como o do pêssego, avocado, abacate, ameixa, manga, maça, pera – o risco de causar obstrução gastrintestinal é real. As sementes da maçã e da pêra concentram diminutas quantidades de ácido cianídrico, que encontra o pH ácido do estômago e se transforma em uma toxina, cianeto.


Não precisa descartar as sementinhas do kiwi, morango, romã, goiaba, elas saem no cocô e tudo bem. Mas remova as sementes da maçã e da pêra, que concentram diminutas quantidades de ácido cianídrico, que encontra o pH ácido do estômago e se transforma em uma toxina, cianeto.


A “pelinha” branca da laranja concentra antioxidantes. Não a descarte. Outro nutriente precioso, a citrulina, a gente encontra na parte branca da melancia, perto da base dela. A citrulina relaxa os vasos sanguíneos, facilitando a circulação do sangue e ajudando a baixar a pressão arterial.


Oferecer suco de fruta não é uma boa ideia. Frutas não devem ser bebidas e sim consumidas juntamente com suas fibras, que barram a liberação muito rápida e intensa de glicose (açúcar) no sangue. O cão que ingere suco de fruta, mesmo em se tratando de suco 100% natural, caseiro e sem adição de açúcar, tem muito maior chance de desenvolver hiperglicemia e esteatose hepática (gordura em volta do fígado). Pelos mesmos motivos evitar frutas cozidas, frutas em compota e geleias.




Frutas com benefícios para os cães :)


Avocado: concentra incríveis 13g de fibras por fruta. Fibras desaceleram a absorção da frutose (açúcar natural das frutas), aumentam a sensação de saciedade, regulam o trânsito intestinal, e ajudam a controlar as taxas de triglicérides e colesterol. Goiaba, framboesa, romã, caqui e kiwi também são ricos em fibras.


Maça: rica em probióticos, o que é fundamental para o sistema digestivo. Ajuda a regular a glicemia do cão e ajuda na imunidade. Sempre sem caule, sem sementes e sem casca. Corte em pedaços pedaços pequenos.


Banana: rica em potássio e biotina, e com as mesmas características para saúde intestinal e imunidade da maça. Pedaços pequenos, não exagere na quantidade. a banana deve ser oferecida com moderação, como um petisco, por conter muito açúcar;,


Pera: excelente para fortalecimento dos ossos e tecido conjuntivos. Sempre sem caule e sem sementes. A fruta é rica potássio, vitamina A e K e cálcio.


Kiwi: é outra fruta com alto valor imunológico. Sempre sem casca e porções pequenas.


Manga: rica em vitamina B. Possui antioxidante que evitam o envelhecimento precoce e fibras que regulam o intestino. Sempre sem casca e sem caroço.


Goiaba: além das características relacionadas ao combate do envelhecimento precoce, a fruta também auxilia na redução de chances de câncer. Evite a casca e sem em pequenas quantidades.


Melancia: Ótima opção para hidratar o pet no verão, a melancia tem vitamina C, A e B-6, além de muita água. Não se esqueça de tirar os caroços para oferecer ao seu pet;


Caqui: regula os triglicerídeos e também reduz as chances de tumores e doenças degenerativas. Evite a casca.


Laranja: cuidado, não é todo o cão que pode consumir essa fruta. Ela é excelente para o sistema imunológico além de ser ótima com sua ação anti-inflamatória. Sem casca, sem semente, mas com bagaço.


Morango: são ricos em fibras, vitamina K, vitaminas do complexo B, magnésio e potássio.


Resuminho básico!

  • abacate (só a polpa, sem a casa e sem o caroço)

  • abacaxi (sem casca)

  • ameixa (sem caroço)

  • amora

  • banana

  • caju (sem castanha)

  • caqui (sem semente)

  • figo

  • framboesa

  • goiaba

  • laranja

  • mamão

  • manga (sem o caroço)

  • maçãs (sem as sementes)

  • melancia

  • melão

  • mexerica

  • morango

  • polpa de coco

  • pêra (sem as sementes)



Existem frutas proibidas ou contraindicadas a cães ?


Sim, uvas, carambolas, cereja e açaí.


O motivo para evitar a carambola é a presença da caramboxina, uma toxina que pode causar alterações neurológicas e condenar o rim de quem já apresenta alguma disfunção nesse órgão. A carambola também é fonte de bastante ácido oxálico, o que pode levar à formação de cristais e cálculos de oxalato de cálcio em indivíduos predispostos a isso.


Já o açaí está riscado da lista de recomendações por concentrar a mesma toxina prejudicial ao coração e ao cérebro dos nossos pets encontrada no chocolate, o alcaloide teobromina.


Há frutas que embora estejam liberadas podem não ser bem toleradas por todos os peludos. Não é incomum eu ouvir de clientes que o consumo de melão foi indigesto para seus cães, provocando vômito. Ou que a ingestão de polpa de coco (a molinha do côco verde ou a durinha e grossa do côco marrom) causou uma diarreia daquelas.


A oferta excessiva de mamão também pode amolecer as fezes.


Claro, como com tudo na vida o exagero na oferta de frutas é o maior causador de problemas.

Por esse motivo é importante sempre testar a tolerância do pet oferecendo apenas um pouquinho (por exemplo, o equivalente a um ou dois cubinhos) de uma fruta que ele nunca comeu. Experimente também oferecer a fruta longe das refeições. O melão, por exemplo é digerido muito rapidamente, mas se estiver acompanhado de outros alimentos pode ficar mais tempo do que deveria no estômago e fermentar, gerando gases e desconforto. E se perceber que seu animal não fica bem com a fruta “x” ou “y” simplesmente pare de insistir.



Curiosidade sobre Frutas cítricas.


Se crianças pequenas podem comer abacaxi e laranja, por que um cachorro ou gato, animais carnívoros, de estômago forte o suficiente para digerir ossos e carne crua, não daria conta de um reles kiwi?


“A culpa é do pH ácido dessas frutas”, dizem. Ah é? Então, veja só. Enquanto o suco gástrico do estômago humano tem um pH situado entre 2 e 4, o pH do suco gástrico canino e felino fica entre 1 e 2. Ou seja, o suco gástrico deles é mais ácido que o do nosso estômago. E o pH das frutas? O suposto “rei da acidez”, o abacaxi, possui um pH entre 3,2 e 4. Mais elevado (menos ácido) que o do suco gástrico dos cães. A laranja fica entre 3,7 a 4,3. A tangerina, entre 3,3 a 4,5. O pêssego, de 3,3 a 4 – mesmo valor da maçã, que todo mundo oferece ao seu peludo.



Existem condições de saúde que contraindicam a oferta de certas frutas?


Sim, mas principalmente se você oferecer essas frutas com muita frequência e em quantidade maior que o recomendado. São pouquíssimos os alimentos naturais que podem prejudicar seriamente um pet se oferecidos em diminuta quantidade e ocasionalmente.


A oferta de frutas em geral pode ser proibida para pets diabéticos e adeptos de dietas especificamente elaboradas para ajudar no combate ao câncer, como a cetogênica e as oncológicas. Isso, porque carboidratos simples causam picos de glicemia e são o combustível preferido das células tumorais para crescer e se espalhar.


Pets com problemas pancreáticos ou hepáticos sérios devem evitar frutas ricas em gorduras, como polpa de coco, abacate e avocado. Essas mesmas frutas, assim como o mamão, podem agravar diarreias em pets com enterite ou colite.

Acredita-se que o morango pode agravar quadros alérgicos por meio de um fenômeno chamado degranulação de mastócitos, o que aumenta a circulação de histaminas, proteínas desencadeadoras de coceiras, vermelhidão e edema.


Se você tem um cão ou gato com histórico de formar grandes quantidade de cristais e cálculos urinários de oxalato de cálcio não ofereça frutas ricas em ácido oxálico (o elemento precursor deste tipo específico de cristal e cálculo), como figo, groselha (os frutinhos), damasco, laranja, casca de limão, caqui, framboesa, kiwi, tomate e, claro, carambola.


Banana e manga, duas favoritas dos cães, concentram bastante açúcar (frutose) e devem ser evitadas por pets que precisam perder peso e portadores de disfunções que aumentam taxas de colesterol, triglicérides e glicose no sangue.

Se seu peludo estiver vomitando não é momento de oferecer frutas cítricas ou potencialmente indigestas, como melão. Pets com estômago sensível podem se dar melhor com pêra e pequenos pedaços de banana.

É muito importante dizer que sair restringindo alimentos da dieta do seu pet sem saber se ele de fato possui uma restrição alimentar não previne nada e ainda pode privá-lo de nutrientes bacanas. Consulte a médica-veterinária do seu cão ou gato portador de algum problema de saúde sobre possíveis contraindicações da fruta que você gostaria de incluir regularmente na dieta dele.


Então, para enterrar de uma vez por todas esse mito sem fundamento: sim, cães e gatos saudáveis podem comer frutas cítricas. Mas não exagere na quantidade (conselho que vale para todas as frutas) e tenha bom senso. Não ofereça cítricos a pets de estômago sensível ou que estão vomitando.

Grande parte deste conteúdo é do site www.cachorroverde.com.br que nós adoramos de paixão. Tem muito conteúdo exclusivo, tem curso para AN, tem vídeos. vale muito a leitura do site inteiro para se aprofundar no assunto :) Aqui, temos um recorte de tudo que eles orientam lá.

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


002.png
bottom of page